voltar ABDI vai criar seis laboratórios tecnológicos em Brasília

ABDI vai criar seis laboratórios tecnológicos em Brasília

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI),em parceria com o Instituto Campus Party (ICP), vai criar, neste ano, seisLaboratórios Tecnológicos em Brasília. O projeto, denominado Include, consistena montagem de laboratórios de tecnologias e robótica para crianças eadolescentes menores de 18 anos, moradores de áreas de vulnerabilidade do País.Na Capital Federal, duas cidades já foram contempladas com o projeto: Guará eSanta Maria (além de unidades espalhadas por outros estados, como São Paulo eBahia).

O objetivo é identificar talentos dentro das comunidades equalificar jovens de 10 a 18 anos para o mercado de trabalho, criandooportunidades de aprendizado, capacitação e inserção em instituições de ensino.O Include funciona assim: seleciona a comunidade, identifica uma ONG local quepossa fazer a gestão do laboratório e inicia o projeto - sempre com foco naeducação lúdica e prática.

Segundo o presidente do Instituto Campus Party, FrancescoFarruggia, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou quecerca de 60 milhões de jovens vivem nesta realidade: adolescentes que nuncativeram contato com computadores, drones, impressoras 3D, realidade aumentada,robótica.

Para o coordenador de Inovação da ABDI, Rodrigo Rodrigues, aAgência é focada no desenvolvimento econômico do país e falar de políticaspúblicas é contribuir para esse avanço, além da oportunidade de gerar centenasde empregos. “Estamos falando de futuro e inclusão social, por isso faz todosentido apoiar e incentivar projetos como esse”, afirmou. Dentro da ABDI, oprojeto será planejado pela especialista em Desenvolvimento Produtivo, AnaSofia Peixoto, que vai alinhar com as instituições envolvidas as melhoresestratégias para a criação das novas unidades.

Em parceria com os Centros de Reciclagem de Computadorespara Laboratórios, do Ministério de Ciência e Tecnologia, o Include também temum acordo de cooperação com o Sebrae para capacitação técnica e produção deconhecimentos sobre empreendedorismo. Além disso, conta com o apoio de diversasempresas, que desempenham papéis importantes, como fornecimento de internetgratuita e de qualidade; uniformes; disponibilização de mobiliário e materialdidático para os alunos.

O Include surgiu em outubro de 2017, na primeira edição daCampus Party Bahia, e teve sua primeira unidade inaugurada em Canudos, nopróprio estado.


Fonte: ABDI