voltar Finep e FAPESP apoiarão pesquisas para inovação na Indústria 4.0

Finep e FAPESP apoiarão pesquisas para inovação na Indústria 4.0


A Finep e a FAPESP lançaram, no dia 18 de setembro, uma chamada pública para apoiar projetos de pesquisa de pequenas empresas paulistas que tenham potencial para desenvolver produtos, processos e serviços inovadores para a Indústria 4.0.

Serão empregados recursos no valor de R$ 20 milhões, não reembolsáveis (sem devolução de capital): R$ 10 milhões da FAPESP e R$ 10 milhões de subvenção econômica da Finep.

A chamada vai apoiar a atividade de pesquisa científica ou tecnológica de empresas que tenham conduzido pesquisas com resultados inovadores no âmbito de projetos financiados pelo Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) nas Fases 1 e 2 ou em projetos equivalentes, conduzidos com recursos próprios ou de outras fontes. O apoio terá duração de até 24 meses.

O edital, correspondente à Fase 3 do PIPE, contemplará projetos que pretendam desenvolver processos e serviços inovadores para que os produtos resultantes das pesquisas anteriores possam ser efetivamente inseridos no mercado.

Indústria 4.0

Também chamada de manufatura avançada, a Indústria 4.0 representa a quarta revolução industrial, caracterizada pelo uso de sistemas de automação integrados e colaborativos, que permitem programar e controlar remotamente a produção nas plantas fabris e toda a cadeia de valor e ciclo de vida do produto. Já em andamento, a nova revolução industrial está alterando a competitividade da indústria e de toda a sua cadeia produtiva.

Entre os desafios tecnológicos da chamada de proposta lançada pela FAPESP e Finep estão:

· Novos Sistemas de Manufatura Avançada;
· Controle de Processos Avançados;
· Manufatura Aditiva;
· Virtualização, Modelagem e Simulação de Produtos e Processos;
· Nanomanufatura, Manufatura de Eletrônicos Flexíveis e Novas Estruturas;
· Tecnologias Avançadas de Conformação e Adesão;
· Sistemas Físico-Cibernéticos;
· Robôs Autônomos, Inteligentes e Colaborativos;
· RFID, Sensores, Nanossensores e Rastreadores;
· Redes de Comunicações, IPv6 e Segurança Cibernética;
· Inteligência Artificial, Computação Ubíqua e Realidade Aumentada;
· Data Analytics, Big Data, Cloud Computing e Fog Computing;
· Fotônica;
· Sustentabilidade e Ecologia Industrial;
· Desenvolvimento de Serviços Inovativos e Novos Serviços;
· IIoT: Industrial Internet of Things;
· Automação CAD/CAM;
· Interfaces M-M;
· HW/SW Wireless Integration;
· Sistemas e Soluções de Programação, Controle e Gestão Avançada.

 

As propostas serão inicialmente analisadas para o enquadramento e deverão seguir as normas do PIPE.

As propostas devem ser submetidas pelo Sistema de Apoio à Gestão (SAGe) da FAPESP, em www.fapesp.br/sage.

O prazo para submissão de propostas termina no dia 11 de dezembro de 2017.